Poupatempo e Detran PARAM de entregar CNH em unidades de São Paulo

A entrega das Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) em São Paulo aconteciam nas Unidades do Detran e Poupatempo. Este serviço, porém, está temporariamente suspenso. O intuito da ação é diminuir a quantidade de pessoas dentro das unidades físicas durante a pandemia da Covid-19. 

Poupatempo e Detran PARAM de entregar CNH em unidades de São Paulo
Poupatempo e Detran PARAM de entregar CNH em unidades de São Paulo (Imagem: Montagem / Jornal O Norte)

Mesmo diante do aumento do número de casos da doença, as unidades vão continuar abertas à população, mas os serviços destinados serão os essenciais que ainda precisam ser finalizados. 

Contudo, o Detran e o Poupatempo anunciaram uma nova modalidade para quem necessita dos serviços de CNH. A partir deste momento as solicitações de renovação, primeira e segunda via da CNH serão realizadas somente com a entrega do documento físico pelos Correios.

Leia mais: DPVAT: Caixa TEM inicia pagamento de indenizações do seguro; saiba como pedir

Sendo assim, o Poupatempo enviará a CNH para o endereço de cadastro do motorista junto ao Detran. 

Existe ainda a opção de baixar a versão digital da carteira no mesmo dia do exame médico. Contudo, o motorista precisa esperar as instruções que serão enviadas através do e-mail para ter acesso a CNH digital. A versão digital tem a mesma validade da versão impressa.

Segundo o diretor da Prodesp, Murilo Macedo, a expectativa é de que, com a ação, 450 mil pessoas possam deixar de ir presencialmente às unidades de atendimento, recebendo o seu documento em casa.

“Neste momento em que volta a aumentar o números de infectados pela pandemia em todo o país, os esforços do Governo de São Paulo são para garantir que os cidadãos estejam protegidos, evitando deslocamentos desnecessários”, comentou. 

Já o pagamento das taxas de emissão do documento e também do envio através dos Correios podem ser realizados diretamente no banco, caixas eletrônicos ou ainda através do internet banking. 

Leia mais: IPVA 2021: SEIS dicas de como pagar o imposto ECONOMIZANDO

Novas regras

A partir de abril deste ano entram em vigor as novas regras do Código de Trânsito Brasileiro, que ampliam a validade do documento. 

Para os motoristas de até 49 anos, a CNH será válida por até 10 anos. Já para os condutores de 50 anos a 69 anos, o prazo é  de cinco anos. E para os motoristas acima de 70 anos, a documentação é válida por três anos.