Prouni-PE: Governo oferece MIL bolsas de estudos para ingresso no Ensino Superior

O Governo do Estado anunciou a criação do Programa Pernambuco na Universidade (Prouni-PE), que prevê a concessão de mil bolsas de estudo, no valor de R$ 500. O Projeto de Lei foi sancionado pelo governador Paulo Câmara (PSB) e é destinado ao custeio de cursos do ensino superior a alunos egressos da rede pública em situação de vulnerabilidade.

Prouni-PE: Governo oferece MIL bolsas de estudos para ingresso no Ensino Superior
Prouni-PE: Governo oferece MIL bolsas de estudos para ingresso no Ensino Superior. (Imagem: Hélia Scheppa / SEI)

As vagas serão válidas já para o primeiro semestre deste ano e englobam cursos das áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática.

Foram garantidos R$ 6 milhões para o programa, voltado a pessoas que ainda não possuem diploma de curso superior, com renda familiar mensal per capita de até um salário mínimo e meio.

Os interessados devem participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Leia mais: Inep toma decisão final sobre realização do Enem 2020 em janeiro

Prouni-PE amplia o acesso ao ensino superior

Segundo o governador, o Prouni de Pernambuco dará condições aos jovens que não têm recursos financeiros para pagar mensalidades em instituições privadas de ensino superior. Com isso, eles terão melhores oportunidades de emprego e de uma formação de qualidade.

Além das 13 autarquias de ensino superior do estado, poderão se habilitar ao as Instituições de Ensino Superior (IES) privadas ou Instituições Comunitárias de Educação Superior (ICES) que possuam índice Geral de Cursos (IGC) com conceito mínimo de 3 desde que estejam devidamente regularizadas junto ao Ministério da Educação (MEC) e sediadas em território pernambucano.

Os editais para credenciamento das instituições e seleção de estudantes serão publicados nesta semana, até o dia 15 de janeiro, no site da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação.

Leia mais: ProUni 2021: MEC abre consulta de bolsas de estudos de 50% e 100%

No anúncio, o governo também informou que 20% das vagas serão reservadas a candidatos portadores de deficiências, a mulheres vítimas de violência ou em situação de vulnerabilidade econômica e professores do ensino fundamental e médio.

A vice-governadora de Pernambuco, Luciana Santos, acredita que o programa representa um compromisso com o conhecimento e com a inovação no estado.

Além da edição estadual, o Programa Universidade para Todos (ProUni) do Governo Federal também oferece bolsas em instituições privadas em ensino em todo o país. As inscrições começam amanhã (12) e seguem até sexta-feira (15).

 

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente trabalha como assessora de comunicação e redatora do Jornal O Norte.