Salvador oferta vacina contra COVID-19 para pessoas de 26 e 27 anos nesta segunda

Salvador oferta vacina contra COVID-19 para pessoas de 26 e 27 anos nesta segunda. O estado da Bahia recebe hoje (9), novos lotes de imunizantes para acelerar a vacinação da população. O plano de imunização contra gripe fica suspenso, até segunda ordem!

Salvador oferta vacina contra COVID-19 para pessoas de 26 e 27 anos nesta segunda
Salvador oferta vacina contra COVID-19 para pessoas de 26 e 27 anos nesta segunda (Foto: Reprodução Google)

Jovens adultos que têm entre 26 e 27 anos, agora podem se vacinar na capital do estado da Bahia, Salvador. A região organiza a imunização da população por mutirões divididos por idade, e agora chegou a vez de quem nasceu entre 1994 e 1995.

A Secretária Municipal de Saúde de Salvador, divulgou também a suspensão da vacina contra o vírus Influenza (gripe) e de vacinas rotineiras, o órgão responsável avisará quando os postos de saúde estiverem aplicando outros tipos de imunizantes.

Agora, pessoas com 26 e 27 anos devem comparecer aos polos de vacinação com os documentos necessários para receber a primeira dose da vacina, a prefeitura exige que os cidadãos apresentem documentos com foto podendo ser RG, Carteira Nacional de Habilitação e outro, além do comprovante de residência e o comprovante de agendamento da vacina.

Para melhor divisão das doses, a cidade organiza mutirões de uma faixa etária específica, como agora é a vez de jovens adultos da idade referência, pessoas com idade superior a essa faixa não podem procurar os pontos de imunização. A aplicação da segunda dose para grupos prioritários também fica suspensa, até segunda ordem.

Leia mais: Rio Branco continua vacinando pessoas a partir dos 15 anos nesta segunda (9)

Novas vacinas chegam na Bahia

Nesta segunda-feira (9), chegou por volta das 9h25, o avião com carga de novas vacinas ao aeroporto da capital Salvador. A Secretária Municipal de Saúde de Salvador (Sesab), informou também que cerca de 215.280 doses da Pfizer devem chegar amanhã ao estado. 

As novas vacinas serão enviadas para os municípios que aplicaram 85% das doses anteriores, para que não haja acumulação. 

A Comissão Intergestores Bipartite (CIB), que funciona como uma instância resolutiva entre questões da saúde da população, e ainda reúne representantes dos 417 municípios presentes no estado baiano, tomou a decisão para que o estado tenha mais controle das quantidades de vacinas. 

Larissa Luna é graduanda em Psicologia pela Faculdade Frassinetti do Recife (FAFIRE) e graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Como universitária, estuda analises de pesquisas feitas a partir de conceitos sociológicos e antropológicos em paralelo com a Psicologia. Atualmente dedica-se a redação do Jornal O Norte.