Banco do Brasil inicia renegociação de parcelas atrasadas do FIES; saiba como quitar

Até o final de dezembro, estudantes que tenham parcelas atrasadas do Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior) junto ao Banco do Brasil poderão participar da renegociação com descontos entre 25% a 100% nos juros de mora. O Programa Especial de Regularização foi promulgado para auxiliar os discentes durante a pandemia do novo coronavírus.

Banco do Brasil inicia renegociação de parcelas atrasadas do FIES; saiba como quitar (DIVULGAÇÃO/GOVERNO SC)
Banco do Brasil inicia renegociação de parcelas atrasadas do FIES; saiba como quitar (Imagem: Divulgação/Governo SC)

Editada como medida de ajuda durante a pandemia da Covid-19 aos estudantes com pagamentos atrasados, a possibilidade de renegociação dos débitos do Fies está prevista na Lei de nº 14.024 de 2020 para contratos firmados até 2017 e com débitos vencidos e não pagos até 10 de julho deste ano.

O valor do desconto dependerá da modalidade de pagamento escolhida, com queda gradativa da redução ofertada. Mas, a parcela não poderá ser inferior a R$ 200. Terá desconto de 100% aqueles que quitarem integralmente o financiamento ou o saldo devedor.

Leia mais: Cronograma do Fies 2021 já foi publicado; confira detalhes e NOVAS regras

Se o estudante devedor optar por quatro parcelas semestrais com o reparcelamento em até 24 meses, terá desconto de 60%; caindo para 40% nos reparcelamentos em até 145 meses e para 25% nos reparcelamentos em até 175 meses.

A instituição financeira publicou nota informando que até esta terça-feira (15) haverá a opção de realizar a adesão pelo aplicativo do banco. Até então, as renegociações só poderiam ser pedidas nas agências.

Caso o contrato seja garantido por fiança convencional ou solidária, os fiadores deverão necessariamente comparecer às agências, sem a possibilidade de renegociação no aplicativo.

Os contratos que forem formalizados às condições de renegociação, não poderão ser cancelados ou alterados para outra forma de parcelamento, ainda que antes do vencimento da primeira parcela.

Pagamento das parcelas

Aqueles que optarem pelo pagamento em parcela única deverão quitar o débito até o final deste mês. Os estudantes que solicitarem o parcelamento terão que começar a pagar os acordos em janeiro. O portal G1 explicou que, em caso de prorrogação do estado de calamidade pública por causa da pandemia do novo coronavírus, o pagamento da primeira parcela ficará adiado automaticamente para o mês seguinte ao seu término.

Leia mais: Como consultar o cartão de confirmação do ENEM 2020? Confira o passo a passo!

Como solicitar a negociação do Fies

De acordo com orientação descrita na Lei que regular a renegociação, o estudante deverá manifestar esse interesse perante o agente financeiro do Programa de Financiamento Estudantil, por meio dos canais de atendimento disponibilizados para essa finalidade.

O Banco do Brasil disponibiliza os seguintes canais para informações: WhatsApp do Banco do Brasil, no número (61) 4004-0001, e pela Central de Atendimento BB (0800-729-0001).

Jornalista graduada pela FAPCOM (Faculdade Paulus de Tecnologia e Comunicação). Foi repórter do site MigraMundo e Startupi, atuou na comunicação de ONG e em assessoria de imprensa. Atualmente trabalha como jornalista freelancer e redatora do Jornal O Norte.